Quando a mesa final não-oficial do Super High Roller do PokerStars Caribbean Adventure foi formada, os fãs de poker voltavam os olhos para o embate entre os dois jogadores que mais acumulam prêmios em torneios ao vivo: Daniel Negreanu e Erik Seidel.

Além dos representantes da “velha guarda”, a mesa final era composta por diversos jogadores da nova geração que passam por um excelente momento, como Sam Greenwood, Justin Bonomo, Bryn Kenney e Isaac Haxton.

O argentin, Ivan Luca, despontava como um dos favoritos, já que havia somado um belo stack durante todo o torneio e mostrava um poker bem arrojado e agressivo. Mustapha Kanit não aparecia como um dos principais nomes ao título, possuindo o menor stack entre os classificados e o recreativo Cary Katz aparecia como um azarão, mesmo tendo mais de US$ 12 milhões em premiações.

VEJA MAIS: Marcos Antunes coloca o Brasil na mesa final do PCA National; campeão levará quase US$ 85 mil

O Dia Final começou com sete dos noves jogadores que formaram a mesa final não-oficial. Mustapha Kanit não conseguiu a dobra e acabou sendo eliminado na nona colocação, enquanto a amarga posição de bolha ficou com Erik Seidel.

Finalistas do Super High Roller do PCA
Finalistas do Super High Roller do PCA

Luca e Justin Bonomo avançaram praticamente com o mesmo stack na liderança para o último dia de torneio e, Negreanu também despontava entre os favoritos, sendo o terceiro em fichas. Mesmo enfrentando todas essas adversidades e pilotando um pequeno stack na maioria da reta final, Katz não se intimidou e ficou com o título do primeiro grande torneio do ano e o prêmio de US$ 1.492.340.

O primeiro a ser eliminado foi Greenwood, que acabou apostando todas as suas fichas com par de reis e encontrou Bryn Kenney com par de ases. A partir da eliminação do canadense o jogo travou, os shorts conseguiram dobrar e, por aproximadamente duas horas, não houve eliminações.

A quinta colocação ficou com Haxton, que após uma guerra de blinds com Luca, acabou eliminado. Restando apenas cinco jogadores, o jogo ficou mais aberto e não demorou para que o argentino e, logo em seguida Negreanu, também dissessem adeus à disputa.

Kenney começou o 3-handed com uma bela vantagem, chegando a possuir metade das fichas em jogo, mas após uma impressionante sequência de mãos perdidas acabou sendo eliminado na terceira colocação.

Apenas no heads-up Katz apareceu na liderança em fichas e abriu vantagem de 3 para 1 em um cooler. O board mostrava A7757 e o campeão acabou fazendo uma quadra com 74s, enquanto Bonomo segurava um full house com A9o.

Com uma bela vantagem, não demorou para o jogo terminar. Com menos fichas, Bonomo foi all in com AK e levou call de Katz com 88. O bordo 293QJ confirmou o título para o azarão, que agora soma US$ 13.698.249 em premiações live.

Confira a classificação do Dia Final:

1º – Cary Katz (Estados Unidos) – US$ 1.492.340

2º – Justin Bonomo (Estados Unidos) – US$ 1.077.800

3º – Bryn Kenney (Estados Unidos) – US$ 686.960

4º – Daniel Negreanu (Canadá) – US$ 521.140

5º – Ivan Luca (Argentina) – US$ 402.700

6º – Isaac Haxton (Estados Unidos) – US$ 307.940

7º – Sam Greenwood (Canadá) – US$ 248.720
Creditos:Superpoker